Tipos de site: Saiba quais são as diferenças

O ambiente virtual é um espaço amplo para empresas explorarem, e por isso precisam acertar como se apresentar para os clientes, por tantos tipos de site que existem na internet.

Conforme a área de atuação, é preciso manter uma dinâmica diferenciada, com uma linguagem que seja adequada conforme o público que se atende. 

Além disso, é preciso levar em consideração que há diversos equipamentos eletrônicos que se comunicam via internet. De celulares e tablets até computadores modelo desktop (de mesa) e notebooks (versáteis), há ainda outros aparelhos que necessitam de ajuste para apresentar as páginas. Então atente-se a verão mobile da sua página.

Vale lembrar que muitos televisores modernos possuem acesso à internet, assim como centrais multimídia equipados em veículos. 

Dessa forma, é preciso manter um site que seja ajustável a qualquer situação. Isso é possível conforme as escolhas técnicas empregadas em um canal tão importante para qualquer empresa. 

Os modelos de páginas virtuais que podem ser utilizados em diferentes situações são:

  • Blogs;
  • Hotsite;
  • Landing page;
  • Loja virtual ou e-commerce;
  • Site dinâmico;
  • Site institucional;
  • Site on-page.

A seguir serão apresentados esses 7 modelos de site, que devem ser aplicados conforme a necessidade da empresa.

É importante destacar que o tipo de site pode variar de público para público, tanto no formato quanto na linguagem a ser empregada, bem como pela área de atuação e objetivo da página.

  1. Blogs possuem uma linguagem dinâmica

A criação de um blog pode ser o primeiro passo para um empreendedor em início de carreira. 

Com bases gratuitas disponíveis na internet, é possível estabelecer um endereço primário para colocar a marca presente entre os usuários.

A linguagem utilizada é dinâmica, jovial, atraente, e que pode conversar com o público-alvo de maneira direta. 

Isso é muito importante para construir uma base de seguidores, além de ajudar no inbound marketing, com a prática de SEO (Search Engine Optimization) sendo praticada desde o início.

A partir do momento que um laudo cautelar veicular campinas começa a produzir textos direcionados para pessoas interessadas sobre esse assunto, isso reforça a autoridade, tão importante para se destacar nas plataformas de busca.

Esse modelo pode ser adotado dentro de um site corporativo, porém os textos devem ser leves e atraentes. 

Mesmo com uma linguagem técnica necessária, é preciso explicar sobre assuntos pertinentes e que possuem como objetivo a educação,e servir como guia em diferentes situações, para esses usuários.

Isso pode ser para a apresentação de um novo produto, o funcionamento de um serviço disponível ou mesmo dentro do modelo de negócio praticado.

  1. Hotsite para divulgação de produtos e serviços

Aliás, a venda de produtos e serviços após a visita a um blog corporativo pode aumentar de maneira considerável, desde que seja utilizada a maneira adequada de se conversar com o público-alvo.

Quando uma fábrica de piso uretano argamassado associa a marca com uma empresa da área da construção civil, essa informação pode estar presente em um hotsite.

Dessa forma, a informação é apresentada de forma direta, especificando que os produtos de qualidade são de responsabilidade terceirizada, formalizada por meio de uma parceria empresarial.

O hotsite também pode ser utilizado para apresentar um novo produto, dentro de um planejamento de marketing que envolve outras plataformas digitais.

Assim, é possível manter informações exclusivas em um único ponto, até um site formal ser produzido.

Esse modelo de site é importante pois ele tem um destaque que chama a atenção, podendo ser aplicado em sites de empresas parceiras e que possuem um mesmo público-alvo e objetivo de divulgação similar.

No mesmo instante em que uma construtora ou incorporadora divulga um novo empreendimento imobiliário, as empresas de portaria e controlador de acesso podem apresentar a segurança proporcionada pelos produtos instalados no projeto. 

  1. Landing page auxilia no inbound marketing

Outro modelo de site que pode ser muito útil em uma estratégia de inbound marketing é a landing page, em que é possível captar os dados de leads e acompanhar a taxa de conversão a partir das informações coletadas e a jornada de compra dentro do site. 

Esse tipo de site é similar ao hotsite, porém ele possui caixas que devem ser preenchidas para que as informações sejam incluídas em uma base de dados e, assim, ser trabalhado por uma equipe de vendas, por exemplo.

Os fabricantes de nobreaks industriais podem utilizar os dados captados dentro de uma landing page para enviar novos modelos dos produtos produzidos a partir da base criada ao longo do tempo. 

Dessa forma, fica mais fácil segmentar o público-alvo e determinar como trabalhar o marketing digital, dentro de uma campanha publicitária abrangente e eficiente.

  1. Loja virtual abre um campo de oportunidades

O e-commerce é uma forma que muitas empresas e empreendimentos comerciais passaram a atender os clientes. 

Para facilitar a vida dos consumidores, foram desenvolvidos diferentes modelos de loja virtual, que se associam até mesmo a marketplaces em forma de aplicativo.

Dependendo da área de atuação de um profissional, alugar endereço comercial pode ser substituído pelo pagamento de um site bem estruturado, com toda a segurança necessária, para que a comercialização ocorra no ambiente virtual. 

As empresas que trabalham com o modelo de site em forma de loja virtual precisa investir em pontos como:

  • Atendimento personalizado;
  • Estoque;
  • Formas de pagamento;
  • Logística.

Com isso é possível atender um grande número de clientes, em conformidade com as possibilidades que a tecnologia oferece aos empreendedores.

  1. Site dinamico facilita o marketing digital

Para quem oferece serviços, como uma empresa equipamentos de proteção individual radiologia, a criação de um site dinâmico permite um apanhado de diferentes modelos, desde que sejam atrativos e com uma navegação fluida e eficiente.

Isso permite aplicar ações que sejam voltadas para o marketing digital, aplicando estratégias que atraem diferentes públicos. 

Esse tipo de site também pode ser denominado como portal, em que muitas empresas de comunicação se baseiam.

  1. Site institucional serve para apresentação formal

O formato mais conhecido dos sites é o institucional, no qual as empresas podem apresentar diversas informações sobre os negócios e até produtos, e ainda incluir outros modelos de site conforme a necessidade.

A partir do momento que uma empresa fornece transporte de container vazio para os clientes, ela precisa enaltecer os serviços e indicar diversos pontos, como localização, telefone para contato, endereço, entre outros dados que podem ser incluídos. 

Assim, o site institucional apresenta informações formais, propondo soluções eficientes para todo e qualquer cliente. A exibição de produtos e serviços pode estar em um link dedicado apenas a isso, assim como os profissionais responsáveis e toda a equipe de trabalho.

Com uma linguagem sóbria é possível, ainda, aplicar estratégias de marketing digital, levando o usuário para a loja virtual, ou mesmo para as redes sociais. Dessa forma, é possível movimentar a presença empresarial em diferentes frentes.

  1. Site one page para uma comunicação direta

Um empreendimento que possui toda a base de informação em um marketplace, por exemplo, pode contar com um site one page para estabelecer uma comunicação direta entre empresa e cliente.

Isso se intensificou com a facilidade e aplicação implementado pelo sistema de vendas por whatsapp, que faz um contato direto por meio de um clique em um link dedicado.

As empresas que utilizam o site one page também podem manter um canal de comunicação para dúvidas, sugestões ou reclamações.

Isso facilita quem precisa de ajuda com os produtos e serviços oferecidos, ou então para deixar uma crítica sobre os serviços prestados.

Também é possível associar o site one page com a logística empregada pela empresa. Dessa forma, o cliente pode clicar na página em questão, clicar em um botão e ser direcionado para uma tecnologia de rastreamento via GPS (Global Position System).

Uma outra utilidade para o site one page está na criação para empresas em início de carreira. Dessa forma, é possível rolar a página que possui poucas informações. 

Caso sejam aplicados mais dados, é preciso rever o modelo para garantir fluidez no site e garantir que o internauta tenha todas as informações que busca quando faz a visita na página corporativa.

Conclusão

É importante manter uma equipe responsável pela construção e manutenção dos sites corporativos, qualquer que seja o modelo utilizado para atingir o público-alvo.

Dessa forma, é possível manter longe pessoas mal-intencionadas, que tentam a todo custo invadir ou hackear o site para capturar dados que possam ser utilizados para infringir a legislação, inclusive a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), em vigência desde 2019 em todo Brasil.

Afinal, é primordial que o site mantenha a segurança da empresa e dos próprios usuários. 

Por isso deve-se contratar uma empresa de confiança para hospedar o site, verificando se possui uma estratégia apropriada para guardar arquivos de maneira apropriada.

A linguagem de programação pode variar para cada tipo de site, que será aplicada pela equipe técnica responsável pela TI (Tecnologia da Informação) e como isso é tratado no dia a dia. 

Uma empresa que promove a segurança dos usuários está se protegendo e evitando qualquer tipo de problema, independentemente da formatação final do site corporativo. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Business Connection, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.