5 Dicas para começar a vender em uma plataforma online

Seu sonho é conseguir alcançar de forma rápida um grande número de potenciais clientes e vender todos seus produtos?

Então, vender em uma plataforma online pode ser a melhor opção! Neste artigo, damos cinco dicas inteligentes sobre vender por meio de uma plataforma online.

Vendendo por uma plataforma online

Muitos empreendedores pensam que você precisa de uma loja virtual para isso, mas não é necessariamente verdade. Ao aderir a uma plataforma de online, você se beneficiará de um bom alcance nas vendas. 

Uma grande vantagem é que você tem baixos custos iniciais, porque você não precisa construir sua própria loja e sim vender em uma já pronta. Você também se beneficia das campanhas de marketing da plataforma. 

Exemplos de plataformas digitais são:

  • Shopee
  • Mercado Livre 
  • Amazon
  • Alibaba

Popularidade da economia da plataforma

As plataformas são particularmente populares entre empreendedores e consumidores, porque reúnem oferta e demanda. Os clientes encontram todos os tipos de produtos em um só lugar, enquanto é mais fácil para você, como vendedor, encontrar um mercado de vendas. É como se fosse um grande mercado, só que online

1. Faça um bom plano antes de começar a vender 

Uma boa preparação é essencial para obter sucesso nas vendas online, quer abra uma loja online ou comece a vender através de uma plataforma online. É por isso que é importante escrever um bom plano de negócios com antecedência.

Faça algumas perguntas, como:

  • Quais produtos você quer vender? Quais não quer?
  • Quem é seu público-alvo?
  • E a competição?
  • Como você financiará a produção ou compra de seus produtos?

2. Faça uma boa pesquisa para uma plataforma adequada

Se você quer usar uma plataforma, é importante determinar qual é a mais importante para você e onde seu público-alvo está localizado. É possível que seu produto esteja em um nicho, no qual exista uma plataforma específica.

Por exemplo, Etsy é usado para produtos artesanais como um tênis feminino personalizado.

Considere também se você prefere vender por meio de uma plataforma internacional ou um site nacional. As plataformas internacionais permitem que você alcance um público mais amplo, mas também deixam o envio muito mais complicado. 

Plataforma online e comissão

Claro que não é totalmente gratuito usar uma plataforma online. Muitas vezes você paga comissão por cada produto que vende. Pode ser um valor fixo ou uma porcentagem do preço de venda. 

Algumas plataformas online cobram um valor fixo por mês, por exemplo, na Amazon o valor cobrado varia entre 11% a 18% das vendas, esses valores diferem entre o tipo de produto que irá vender. Por isso, faça uma boa comparação com antecedência para ver qual serviço mais combina com você.

3. Determine como você entregará o produto

Se você vender em uma loja física, seu cliente levará na hora o produto com ele. Isso é totalmente diferente quando você vende online, então pense cuidadosamente sobre como você vai entregar. Existem várias opções:

  • Envie você mesmo os pacotes

Esta é geralmente a opção mais barata se você estiver vendendo muito pouco.

  • Contratando uma transportadora

Depois de enviar mais produtos, geralmente é mais conveniente terceirizar a logística.

  • Envio pela plataforma online

Ao invés de fazer negócios diretamente com uma transportadora, você também pode fazer a entrega pela plataforma. Eles geralmente oferecem um desconto.

4. Certifique-se de que seus produtos se destacam

Há uma boa chance de você não ser o único fornecedor do seu tipo de produto na plataforma que escolheu. Por isso, é importante se destacar nos resultados de busca do site.

Isso pode ser feito usando títulos de produtos atraentes e fotos exclusivas. Use textos claros na página do produto que atraiam a atenção.

Faça uso de palavras-chave

Se você deseja vender em uma plataforma online, é importante chegar o mais alto possível na função de pesquisa do site. Portanto, use palavras-chave.

Quais palavras seu cliente em potencial usa?

Você processa ela no título e no texto do produto.

5. Continue melhorando as páginas de produtos

Suas páginas de produtos já estão ativas?

O trabalho ainda não acabou!

Agora é hora de monitorar o quanto você está vendendo. Mantenha-se ativo, acima de tudo crítico (assim você consegue ver onde está errando e acertando) e otimize suas páginas regularmente. 

 

Você também pode se interessar por – Tipos de site: saiba quais são as diferenças